Curso de Graduação em
Física

Conheça o Curso

Atualmente o Departamento de Física oferece dois cursos.

BACHARELADO EM FÍSICA (CURSO DIURNO).

Campus Viçosa

Ano de criação: 2000.
Duração: 5 anos.
Número de vagas: 40.
Horário: Integral.

A matriz curricular e informações sobre o curso de Bacharelado em Física podem ser encontrados no catálogo de graduação clincando no link a seguir: CATÁLOGO DE GRADUAÇÃO – BACHARELADO (VERSÃO 2013).

LICENCIATURA EM FÍSICA (CURSO DIURNO E CURSO NOTURNO).

A matriz curricular e informações sobre o curso de Licenciatura em Física podem ser encontrados no catálogo de graduação clincando no link a seguir: CATÁLOGO DE GRADUAÇÃO – LICENCIATURA (VERSÃO 2013).

Campus Viçosa – curso diurno

Ano de criação: 2000
Duração: 5 anos
Número de vagas: 40
Horário: Integral

Campus Viçosa – curso noturno

Ano de criação: 2009
Duração: 3,5 anos (mínimo)
Número de vagas: 40
Horário: Noturno

Campus Florestal – curso noturno

Ano de criação: 2009
Duração: 4,5 anos (mínimo)
Número de vagas: 40
Horário: Noturno

 


INFORMAÇÕES GERAIS

O curso:

No período integral, oferece duas habilitações: a licenciatura e o bacharelado – ambas podem ser concluídas pelo aluno (não há separação entre as duas na matrícula). A formação ampla e sólida permite uma boa atuação profissional em um mercado de trabalho em constante mudança.Os alunos têm ainda a oportunidade de desenvolver trabalhos de pesquisa no Departamento de Física ou em outros departamentos da UFV. Além do corpo docente qualificado – a maioria de doutores -, atualmente, o Departamento conta com grupos de pesquisa em física teórica e em física experimental, com laboratórios nas áreas de crescimento e caracterização de cristais, microfluídica e fluidos complexos, dispositivos e transporte elétrico em semicondutores, entre outras.

Para atingir uma formaçao que contemple os perfis, competencias e habilidades anteriormente descritos e, ao mesmo tempo, flexibilize a inserçao do formando em um mercado de trabalho diversificado, os currículos das habilitaçoes do curso de Física da UFV estao divididos em duas partes.

Um núcleo comum a todas as habilitaçoes do curso de Física.

Módulos seqüenciais especializados, onde o graduando delineia a orientaçao do final do curso. Esses módulos contem o conjunto de atividades necessárias para completar um curso de Bacharelado ou Licenciatura em Física, nos moldes tradicionais, ou poderao ser diversificados, associando a Física a outras areas do conhecimentocomo,por exemplo, Biologia, Química, Matemática, Tecnologia, etc. Os conteúdos destes módulos especializados interdisciplinares sao, para a Licenciatura, elaborados em conjunto com as comissoes coordenadoras dos diversos cursos envolvidos (Química, Matemática e Biologia) ou, para o Bacharelado, definidos tanto pela demanda do mercado de trabalho quanto pela evoluçao das áreas profissionais envolvidas.

Tópicos de Estudo e Conteúdos

O núcleo comum é cumprido por todas as modalidades em Física, representando aproximadamente metade da carga horária necessária para a obtençao do diploma. O núcleo comum, com os conteúdos curriculares essenciais, totaliza 1215 horas. Esse núcleo é caracterizado por conjuntos de disciplinas relativos a Física geral, matemática, Física clássica, Física moderna e ciencia como atividade humana. Estes conjuntos sao detalhados a seguir.

A – Física Geral:
Consiste no conteúdo de Física do ensino médio, revisto em maior profundidade, com conceitos e instrumental matemáticos adequados. Além de uma apresentaçao teórica dos tópicos fundamentais (mecânica, termodinâmica, eletromagnetismo, Física ondulatória), devem ser contempladas práticas de laboratório, ressaltando o caráter da Física como ciencia experimental. Este módulo é composto de 180 horas de atividades em sala de aula e 60 horas em laboratórios.

B – Matemática:
O conjunto mínimo de conceitos e ferramentas matemáticas necessárias ao tratamento adequado dos fenômenos em Física, composto por cálculo diferencial e integral, geometria analítica, álgebra linear, equaçoes diferenciais e computaçao. Engloba 510 horas de atividades em sala de aula ou laboratórios computacionais.

C – Física Clássica:
Sao os cursos com conceitos estabelecidos (em sua maior parte) anteriormente ao século XX, envolvendo mecânica clássica, eletromagnetismo e termodinâmica. Este conjunto é constituído por um total 180 horas de atividades em sala de aula.

D – Física Moderna e Contemporânea:
Consiste na Física desde o início do século XX, compreendendo conceitos de mecânica quântica, Física estatística, relatividade e aplicaçoes totalizando 180 horas em sala de aula e laboratório.

E – Disciplinas Complementares:
O núcleo comum dispoe ainda de um grupo de disciplinas complementares que amplia a educaçao do formando. Estas disciplinas abrangem a química, a história da ciencia e seminários de Física, totalizando 120 horas em sala de aula e 30 horas em laboratório.

Duração do curso

Carga Horária
A carga horária mínima para a obtenção do diploma de Licenciado em Física é de 2175 horas e de 2055 horas para o de Bacharel em Física, distribuídas em atividades em sala de aula e/ou laboratórios, de presença obrigatória.
Atividades acadêmicas extra-classe estão inseridas na carga horária de qualquer das modalidades do curso de Física. Para a Licenciatura estas atividades estão distribuídas em diferentes disciplinas, em especial na prática de ensino, enquanto que no Bacharelado estas atividades estão presentes no programa de iniciação cientí fica e no projeto orientado. Além disto, ao final do curso todos os alunos devem apresentar uma monografia e proferir um seminário.

Tempo de integralização
O curso de Física, deve ter uma duração típica de 4 anos, sendo o tempo mínimo e máximo de integralização de 3 e 6 anos, respectivamente. Os diferentes seqüenciais do Bacharelado e da Licenciatura podem ou não ser cursados de forma contínua, sem interrupção. Quando cursado de forma contínua, a duração deverá estar entre quatro e cinco anos, dependendo do elenco de disciplinas a serem cursadas.
Aos alunos de desempenho excepcional, é facultado completar o curso em um período mais curto, a critério da comissão coordenadora e da anuência do orientador acadêmico.
No caso de matrículas em seqüênciais, o prazo de integralização máximo para cada seqüêncial é igual ao dobro de sua duração estimada.Os seqüênciais podem ser acumulados durante um período de 10 anos, possibilitando a reciclagem de profissionais em atividade no mercado de trabalho. O aluno poderá cursar simultaneamente disciplinas do núcleo comum e de um ou mais módulos seqüênciais.

Estágios e atividades complementares

A LDB determina a obrigatoriedade do estágio para o Licenciado (artigo 65 da Lei 9.394/96), estabelecendo um mínimo de 300 horas para a prática de ensino nas licenciaturas. Definida como o conjunto de atividades desenvolvidas com alunos e professores de escolas ou em outros ambientes educativos, a prática de ensino constitui-se no elemento de conexão entre a teoria e prática pedagógica.
No curso de Física da UFV, o currículo dos diferentes seqüênciais da licenciatura satisfaz esta exigência, estando a prática de ensino distribuída ao longo do curso como parte de diferentes disciplinas. Para o Bacharelado não há obrigatoriedade de estágio formal, entretanto todos os estudantes deverão desenvolver um projeto de pesquisa de fim de curso, orientado por um professor, no contexto da disciplina Projeto Orientado. Esta disciplina visa instrumentalizar os alunos em técnicas modernas de acesso à informação científica, aprendizado de procedimentos científicos e técnicos em estágios de diferentes tipos, etc. Caso o aluno esteja engajado em um projeto de iniciação científica. este pode vir a ser considerado como parte integrante dessa disciplina.
Todas as modalidades de graduação em Física tem incluído em seu currículo uma Monografia (FIS499) de fim de curso, associada ao Projeto Orientado (FIS399), estágios, prática de ensino e/ou iniciação científica. Esta Monografia deve apresentar a aplicação de procedimentos científicos na análise de um problema específico.

Mercado de trabalho:

O licenciado em Física dedica-se, preferencialmente, à disseminação do saber científico, seja atuando na educação formal (como professor), por meio de novas formas de educação científica. Isso, no entanto, não o impede de cursar uma pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em Física.
O bacharel, por sua vez, está voltado principalmente à pesquisa (básica ou aplicada) em universidades, centros de pesquisa, laboratórios especializados ou indústrias. Ele é preparado para a pós-graduação stricto sensu e está apto a trabalhar em associação com profissionais de outras áreas (meteorologia, engenharia, biologia, medicina, química, etc.), aplicando o ferramental (teórico e/ou experimental) da física a outros campos do conhecimento.

SAIBA MAIS SOBRE A UFV

Equipe de Desenvolvimento Web/UFV - 2013 - Mantido com Wordpress